-->

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Review Supernatural 10x22

Oi gente tudo bem com vocês? Como prometido, vamos falar de séries, e hoje, falarei do meu xodó Supernatural, que acompanho desde 2005 e do episódio que quase matou todos do coração!
Primeiramente, pra quem nunca assistiu Supernatural e não sabe do que se trata:
A série estreou em 2005, dois irmãos (Sam e Dean Winchester) são caçadores de monstros, entraram nessa vida por causa de seu pai que buscava matar o demônio que assassinou sua esposa. De lá pra cá, os dois irmãos já foram ao inferno, ao purgatório ao paraíso inclusive foram peças principais do apocalipse na 5ª temporada.
 Os últimos acontecimentos levaram Dean a obter a marca do primeiro demônio a caminhar sobre a Terra, para salvar o mundo, a marca de Caim (isso mesmo, o que matou Abel) e isso meio que transformou ele em algo como um demônio, só que bem mais forte, pois a marca não deixa que ele morra, o lado ruim disso é que a marca também tem sede de sangue, transformando o Dean em um tipo de Bruce Banner/Hulk.

Bom, no episódio anterior (10x21) os Hunters (caçadores em Português, é assim que os fãs de SPN são chamados) choraram até acabar todas as lágrimas: A doce Charlie foi assassinada tentando proteger os irmãos, sim, a culpa foi de Sam, ele que envolver Charlie nessa, uma das únicas amigas vivas da dupla:

Ok, todo mundo já deveria estar acostumado de que praticamente todos os personagens secundários acabam morrendo, e na maioria das vezes, pra tentar salvar os Winchester's, Porém, é sempre um baque pelo qual não queremos acreditar. Pois bem, no episódio 22 da 10ª temporada a Charlie já morta, com todos de luto, não foi suficiente para os responsáveis da série.

Dean simplesmente enlouqueceu em busca de vingança, ele acha a família dos Frankenstein, responsáveis pelo assassinato de Charlie e mata todos, inclusive uma "criança" dessa família que pediu desesperadamente por sua vida, daí você vê o real poder que a marca tem e o quanto ela está corrompendo os valores do tão amado Dean Winchester.
Paralelamente a isso, Sam precisa matar o vilão mais querido da série, Crowley, a pedido da mãe do próprio (sério Sam? Cagada atrás de cagada?). Só pra matar todos os fãs de Supernatural, Crowley parece mesmo que vai morrer, porém o King of Hell dá uma volta por cima e mostra que lembrou de suas origens (ele estava um tanto bondoso por ter bebido sangue humano, mas agora a vaca foi para o brejo e ele tá bad ass de novo).


Por fim, acreditando que nada mais de pior poderia acontecer, os produtores decidem matar todos do coração, Dean é colocado no canto da parede por Castiel (o anjo do senhor) que afirma que depois que ele virar um demônio de vez, ele já vai ter perdido tudo, amigos, irmão, mas o único que estaria lá pra ver ele cometer todas as atrocidades seria o Cas e ele não ia deixar acontecer isso, eis o resultado:


Não é à toa que essa triste cena nos lembrou de outro ep., quando o Cas que estava muito louco e insano, atacando o Dean e quase matando-o (é parece que o mundo gira né bonitão?)



Anyway, estou ansiosa para a Season Finale, muitas portas foram abertas para a 11ª temporada, o rancor de Dean pelo Sam, seu transtorno bipolar em relação à marca de Caim, Crowley, que está realmente furioso com o que Sam fez e a misteriosa Rowena, mãe de Crowley, que agora pode ler (se quiser) o livro dos feitiços que pode tirar a marca do braço de Dean. Resumindo um turbilhão de coisas podem acontecer! Vamos aguardar!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário