-->

quinta-feira, 30 de julho de 2015

Para os fãs de Suspense: O caso do hotel Bertram (Resenha)

Título: O Caso do Hotel Bertram

Autora: Agatha Christie

Avaliação:

✪ + 0.5











Oi gente, tudo bem com vocês? Hoje vou falar sobre o livro de uma ilustre escritora britânica a quem é atribuída o posto de romancista mais bem-sucedida da história, vendendo aproximadamente o total de 4 bilhões de cópias ao longo do século XX e XXI. Aos fãs de escritas a moda Sherlock Holmes, os livros de Agatha são um prato cheio, este em particular trata da aventura de Miss Marple, personagem presente em 12 romances e 20 contos policiais, se você quiser saber mais sobre um dos livros dessa autora que, segundo alguns, forjou o próprio desaparecimento e deixou um mistério a ser resolvido digno dos detetives de suas histórias, vem comigo!

Primeiramente, terei o máximo de cuidado para não revelar nenhum mistério a ser resolvido nessa trama. A história gira em torno de um Hotel aparentemente descente e acima de qualquer suspeita de Londres, enquanto todos acionam o botam da modernização, o Bertram tenta deixar toda áurea e conforto da Era Eduardiana.




Há vários pontos interessantes nesse livro, um dos quais mais me chamou atenção é que não se prende a um único mistério, temos aí 3 envolvimentos para serem desvendados que, a princípio, não tem nexo um com o outro:

Um desaparecimento de um velhinho caduco;
Um assalto a um trem
Um assassinato

As coisas vão ficando mais intrigantes e porque não dizer intrínsecas ao correr das páginas, Miss Marple, uma velhinha muito simpática e curiosa a respeito da vida alheia, se mostra de grande valia para o inspetor-chefe, responsável pelos casos, ela fornece algumas pistas para o mesmo e para nós leitores de modo muito sutil, assim mal percebemos quando o inspetor faz todas as ligações (aliás eu não resolvi o caso, porém, meu amigo disse que foi o primeiro livro em que ele desvendou o mistério, grande abraço pra Dudu que inclusive, me deu o livro). A senhorinha se mostra experiente em fazer ligações e não confiar demais em coincidências.

Algumas frases são profundas e eu fiz questão de marcar no livro, tais como:
"Quanto mais as coisas mudam, mais continuam a mesma"
"...Acho aliás, que já sabia disso antes - que não se pode nunca volta atrás, que não se deve tentar voltar atrás... Que a essência da vida é andar pra frente. A vida é na realidade uma rua de mão única, não é?"
"...Além disso, ela é bonita, a senhora sabe.
    - É verdade - concordou Miss Marple - Os filhos de Lúcifer quase sempre são belos. E, como sabemos, florescem como o loureiro verdejante."


O que me fez tirar meio ponto da nota máxima que dou aos livros, foi a extrema DEMORA pra ir direto ao assunto (talvez teria tirado 1 ponto, porém, o final me deixou de queixo caído, então...), sei que livros de Suspense são assim mesmo, ainda mais casos policiais, as coisas demoram para se revelar, mas esse livro lhe testa a paciência (tanto que desisti de lê-lo umas três vezes)

Exemplo disso é a TOTAL FALTA DE NECESSIDADE nesse parágrafo do livro (um entre vários):

"...De repente, a velocidade diminuiu, os freios agiram. As rodas gritaram ao agarrarem-se aos trilhos. A velocidade foi diminuindo... diminuindo... O guarda enfiou a cabeça pela janela, observou o sinal vermelho à frente, e o trem afinal parou. Alguns dos passageiros acordaram. A maioria continuou dormindo..."
(Séeeerio que esse parágrafo era necessário? Tá de brincadeira né?)

Porém, não pensem que é um livro em particular que ela faz isso, é característico dela, afinal, nem tudo é perfeito né?

Já ia esquecendo de falar que esse livro tem um filme que estreou no Brasil em 2007 (Marple: O caso do Hotel Bertram) ainda não assisti, mas pretendo!


E aí? Vontade de ler O caso do Hotel Bertram? Já leu? O final, você já esperava ou te pegou de surpresa assim como eu? Está lendo outro livro? Qual, conta pra gente! Não esquece de seguir o blog, só assim você fica sabendo de todas as novidades!

2 comentários:

  1. Eu adoro os livros da Agatha, mas confesso que prefiro as aventuras do Poirot às da Miss Marple. Quanto ao Caso do Hotel Bertram, li há alguns anos e já não lembro dos detalhes da história, mas lembro que gostei da leitura ;)
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. O final me deixou um pouco pasma porque eu esperava mais, uma continuação. Mas adorei o livro!

    ResponderExcluir